Câmara do Livro Câmara do Livro no Facebook
   

13.03.2013
A Câmara Rio-Grandense do Livro chama associados e comunidade para opinar sobre Plano Estadual de Cultura

Completou um ano a instalação do Plano Municipal do Livro e Leitura (PMLL). Em 5 de março de 2012, o prefeito José Fortunati (PDT) de Porto Alegre (RS) sancionou o PMLL com o objetivo de mobilizar a sociedade no planejamento, execução e controle das ações, além de estabelecer as diretrizes para aplicação dos recursos do PMLL, entre outras atividades.

Porto Alegre é a primeira capital no Brasil a aprovar o plano que visa valorizar e democratizar o acesso e o fomento à leitura, a formação de mediadores, o apoio à criação e ao consumo de bens de leitura. O PMLL o pretende, ainda, fazer com que a leitura e o livro conquistem lugares de destaque na agenda política e orçamentária dos Estados e dos Municípios brasileiros por meio de ações planejadas e com o estabelecimento de metas que garantam sua implementação e continuidade como política de governo. O plano está de acordo com as diretrizes do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) que tem como meta formar leitores por meio da valorização das bibliotecas (escolares, públicas e comunitárias) e dos espaços de leitura, democratizar o acesso aos livros, formar mediadores e promover a leitura.

E, no dia em que o Plano Municipal fez aniversário, o Governador Tarso Genro encaminhou projeto de lei que vai instituir o Sistema Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul e lançou consulta pública sobre o Plano Estadual de Cultura. O secretário de Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, explicou que o projeto que será enviado à Assembleia Legislativa é resultado de dois anos de trabalho com a participação da comunidade cultural.

Plano Estadual de Cultura

Em elaboração desde 2011, o plano estabelece as políticas de Estado que devem nortear o desenvolvimento cultural do Rio Grande do Sul ao longo dos próximos 10 anos. O texto passará por uma consulta pública através do site do Gabinete Digital (http://gabinetedigital.rs.gov.br) antes da formatação final. A ferramenta receberá contribuições e sugestões relativas ao texto do plano que estabelece as diretrizes e ações para o desenvolvimento da cultura no estado até 2023. As contribuições enviadas, de 18 deste mês até 30 de abril, serão analisadas por uma comissão composta por dois membros da Famurs, dois do Conselho Estadual de Cultura e dois de cada um dos 10 colegiados setoriais. A Câmara Rio-Grandense do Livro chama seus associados e a comunidade para participar deste processo.

Mapa Digital da Cultura RS

O Rio Grande do Sul é o primeiro estado brasileiro a lançar uma plataforma com o catálogo de todas as bibliotecas e museus do território gaúcho. O Mapa funcionará como serviço de utilidade pública a cidadãos e turistas, além de permitir a construção colaborativa de uma cartografia completa das diferentes matizes culturais do estado. O formulário para postar informações de cultura já pode ser preenchido no endereço www.cultura.rs.gov.br/mapa

voltar

 



Associado, navegue por nossa área restrita e tenha acesso a conteúdos exclusivos.

Instituidores e colaboradores,
solicite aqui o seu crachá.


digite seu e-mail

digite sua senha

Esqueceu sua senha?
Ainda não está cadastrado?


De 1º a 18 de novembro de 2018



Câmara Rio-Grandense do Livro
Praça Osvaldo Cruz, 15 Conj. 1708 / 1709
CEP 90030-160 Porto Alegre, RS - Brasil
Fone/FAX (51) 3286. 4517
Fale Conosco Créditos