Câmara do Livro Câmara do Livro no Facebook
   

01.09.2014
Traçando Histórias chega à 9ª edição

Considerada a exposição periódica mais importante do país no segmento, a 9ª Traçando Histórias – Mostra de Ilustração Infantil e Juvenil ocorrerá de 31 de outubro a 16 de novembro, na 60ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Organizada a cada dois anos, a Traçando Histórias contará com ilustradores selecionados pela comissão de avaliação, que participarão cada um com dois originais. São eles: Alexandre Rampazo, Aline Abreu, Anabella López, Cláudio Martins, Cris Alhadeff, Elisabeth Teixeira, Elvira Vigna, Guto Lacaz, Hermes Bernardi Jr., João Caré, José Carlos Lollo, Kammal João, Lúcia Hiratsuka, Marcelo Pimentel, Márcia Széliga, Maria Eugênia L. Cabello Campos, Mariângela Haddad, Marlette Menezes, Renata Bueno, Romont Willy, Silvana Rando, Suppa, Talita Nozomi e Veruschka Guerra.

Além disso, receberá dois convidados especiais: Cristina Biazetto, idealizadora da Mostra, e Roger Mello, que recebeu este ano o Hans Christian Andersen, o principal prêmio internacional de literatura infantil e juvenil. Mello foi o primeiro brasileiro a conquistar a distinção na categoria Ilustração da premiação, que é considerada o Nobel do segmento literário infantojuvenil.  Ao todo, reunirá 26 ilustradores.

Além da exposição, que será realizada na Sala Leste do Santander Cultural, a Traçando Histórias contará com uma programação paralela na Área Infantil e Juvenil da Feira, que engloba curso de extensão universitária promovido em parceria com a UFRGS. Participarão, como oficineiros e palestrantes,  Roger Mello, Elvira Vigna, Lúcia Hiratsuka, Márcia Széliga, Elisabete Teixeira, Mariângela Haddad, Margarida Botelho (Portugal), Raúl Arias (Espanha) e Eva Montanari (Itália).

As atividades são voltadas para professores e demais mediadores da leitura. Na Feira, os encontros ocorrerão nos dias 3 e 4 de novembro e terá certificação de extensão da UFRGS. Para saber como participar, clique aqui.

Histórico da Traçando Histórias na Feira do Livro
Em 2001, a Área Infantil e Juvenil da Feira do Livro de Porto Alegre ganhou um espaço voltado especificamente à divulgação da ilustração de livros para crianças e jovens produzida no Brasil. A Alameda dos Ilustradores, instalada entre jacarandás e guapuruvus, abrigou a primeira edição da Traçando Histórias, uma mostra de trabalhos reproduzidos em fotocópias coloridas, de ilustradores vinculados à Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil - AEI-LIJ. Apesar de modesta, a iniciativa serviu para despertar o interesse do público e para motivar a Comissão Organizadora a lhe destinar espaço mais amplo no ano seguinte.

Surgiu, assim o Largo dos Ilustradores - também localizado na Praça da Alfândega - no qual, além da segunda e da terceira edições da mostra (ainda em fotocópias), foram oferecidas oficinas para o público infantil.

Em 2003, o ilustrador pernambucano André Neves, um grande entusiasta da iniciativa, instigou a coordenação da Área Infantil e Juvenil e a ilustradora Cristina Biazetto, parceira da mostra desde sua primeira edição, a tratarem de promover uma "exposição de verdade", com trabalhos originais e no espaço nobre de um museu.

Assim, em 2004 a Traçando Histórias realizou-se nas Salas Negras do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli - Margs, localizado sobre a Praça da Alfândega, com originais de 22 ilustradores, e passou a contar com catálogo criado pelo designer Alex Medeiros.

A partir de 2006, a mostra passou a ser bienal e a contar com programação paralela, com caráter de curso de extensão universitária da UFRGS. Ocorreu, então, no belíssimo Átrio do Santander Cultural - também localizado sobre a Praça da Alfândega - com trabalhos de 37 ilustradores, entre eles Rui de Oliveira, homenageado, na ocasião, por seus 30 anos de carreira. 

Em 2008, a Traçando Histórias mudou-se para o Cais do Porto, onde funcionou a Área Infantil e Juvenil da Feira entre 2005 e 2012, para que pudesse ser potencializada a visitação escolar, e contou com trabalhos de 39 ilustradores, exibidos em um salão especialmente montado para recebê-la, no interior do Armazém A. Essa edição teve itinerância, em versão digital, pelo Estado, através do Sesc-RS, e fora do país, através do Ministério das Relações Exteriores.

Em 2010, participaram da Traçando Histórias 37 ilustradores - entre os quais Eva Furnari, Angela Lago e Ana Raquel, homenageadas por estarem completando 30 anos de carreira. E mais uma vez o Sesc-RS encarregou-se de promover a itinerância da mostra, no Estado, em versão digital.

Em 2012, foram exibidos trabalhos de 27 ilustradores, vários dos quais participaram da programação.


Ilustração do livro Os Ossos do Ofício
Roger Mello


Ilustração do livro A Flor do Lado de Lá
Roger Mello


Ilustração do livro Meninos do Mangue
Roger Mello

voltar

 



Associado, navegue por nossa área restrita e tenha acesso a conteúdos exclusivos.

Instituidores e colaboradores,
solicite aqui o seu crachá.


digite seu e-mail

digite sua senha

Esqueceu sua senha?
Ainda não está cadastrado?


De 1º a 18 de novembro de 2018



Câmara Rio-Grandense do Livro
Praça Osvaldo Cruz, 15 Conj. 1708 / 1709
CEP 90030-160 Porto Alegre, RS - Brasil
Fone/FAX (51) 3286. 4517
Fale Conosco Créditos