Câmara do Livro Câmara do Livro no Facebook
   

14.06.2018
Convidada de Honra da Feira do Livro de Porto Alegre, República Tcheca prepara programação

A República Tcheca será a Convidada de Honra da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre. O anúncio ocorreu em coletiva de imprensa organizada pelo Consulado Honorário do país em Porto Alegre, realizada na manhã de terça-feira, 12 de junho, no Hotel Blue Tree Millenium, com a presença da Cônsul Geral Pavla Havrlíková, do Cônsul Honorário Fernando Lorenz, do presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro Isatir Bottin Filho e da coordenadora da programação para público adulto Jussara Rodrigues.

O ano de 2018 é muito especial para a República Tcheca e a comunidade tcheca. Neste ano, será comemorado o 100º aniversário do nascimento da Tchecoslováquia independente e também 100 anos do reconhecimento diplomático deste novo país pela República Federativa do Brasil, primeiro país da América Latina a fazê-lo. Serão comemorados também os 80 anos do Acordo de Munique, 50 anos da Primavera de Praga e da invasão soviética no país, e também o pequeno jubileu dos 25 anos do nascimento da República Tcheca, como resultado do divórcio “veludo” com a Eslováquia. As efemérides serão lembradas com as exposições temáticas "50 anos da Primavera de Praga" e "100 anos da fundação da Tchecoslováquia", além de recitais de poesia, saraus, exibições de filmes e apresentações de teatro durante a Feira do Livro de Porto Alegre.

O Rio Grande do Sul conta com três associações de descendentes tchecos; pesquisas indicam que este seria o terceiro maior grupo de imigrantes recebidos pelo estado. Segundo o cônsul honorário Fernando Lorenz, os números são imprecisos porque muitos tchecos identificaram-se como boêmios, falantes de alemão ou provenientes do Império Austro-húngaro ao chegarem aqui, tornando os números imprecisos e dificultando a identificação da comunidade tcheca ainda hoje. A cônsul geral Pavla Havrlíková explica que o convite da Feira do Livro de Porto Alegre surgiu em momento oportuno, já que desde 2015, após assinatura de memorando de parceria econômica e cultural entre República Tcheca e Rio Grande do Sul, o diálogo entre os povos tem se aprofundado.

Sobre a República Tcheca

Com 10,8 milhões de habitantes em um área que equivale a 1/3 do Rio Grande do Sul, a República Tcheca apresenta um dos mais altos índicos de leitura da Europa e seis mil bibliotecas públicas. Entre seus principais escritores, estão Franz Kafka, Milan Kundera, Karel Capek, Jaroslav Seifert, Rainer Maria Rilke e Jan Neruda. O país destaca-se também pela sua tradição em dramaturgia, filosofia e música, além da capital Praga ser considerada uma das mais belas da Europa e servir de pano de fundo para obras de Umberto Eco (O Cemitério de Praga, Editora Record, 2010), Jorge Luis Borges (O Milagre Secreto, em Ficções, Companhia das Letras, 2007), Sérgio Sant´Anna (O Livro de Praga, Companhia das Letras, 2011) e Philip Roth (A Orgia de Praga, em Zuckerman Acorrentado, Companhia das Letras, 2011).




Milan Kundera (Brno, *1929), um dos mais celebrados e traduzidos escritores contemporâneos

voltar

 



Associado, navegue por nossa área restrita e tenha acesso a conteúdos exclusivos.

Instituidores e colaboradores,
solicite aqui o seu crachá.


digite seu e-mail

digite sua senha

Esqueceu sua senha?
Ainda não está cadastrado?


De 1º a 18 de novembro de 2018



Câmara Rio-Grandense do Livro
Praça Osvaldo Cruz, 15 Conj. 1708 / 1709
CEP 90030-160 Porto Alegre, RS - Brasil
Fone/FAX (51) 3286. 4517
Fale Conosco Créditos